28 março, 2012

Pela manutenção na A-3, Independente recebe o Marília precisando da vitória no Pradão

De agora em diante serão três jogos decisivos para o Independente resolver a sua situação dentro do Campeonato Paulista da Série A-3. Sendo assim, o Galo da Vila não pode nem pensar num resultado adverso na noite de hoje, às 20h30, no Pradão, contra o Marília.

A transmissão será da equipe Educadora/Gazeta de Limeira, com Jorge Neves, Denis Suidedos, Roberto Martins, Marcelo Marchi e Dj Pell. O comando da jornada ficará a cargo do Dr Roberto Lucato.

Alternando entre altos e baixos. Esta foi a frase dita pelo técnico Sandro Gomes ao ser questionado sobre a postura do time dentro da competição. Vitórias contra a Inter, Capivariano e Batatais fizeram o torcedor acreditar que a classificação, por algum momento, poderia vir.

Já as derrotas para a Taboão da Serra, Taubaté e Osvaldo Cruz deixaram o torcedor com o cabelo em pé. Olhando o retrospecto do Galo, a informação de que o Marília não ocupa a zona de rebaixamento pode trazer a esperança da vitória na noite de hoje.

A única dúvida na escalação fica por conta do meia Ricardinho, que sentiu um desconforto na coxa direita na partida contra o Taboão da Serra e dependerá de uma liberação médica momentos antes do confronto.

O treinador alvinegro aproveita a oportunidade para convocar a torcida neste momento tão importante. "Se existe a hora certa de apoiar, esta hora chegou. Teremos dois compromissos importantíssimos em casa e precisamos buscar o resultado positivo em ambos. A intenção é garantir os seis pontos para que não tenhamos que chegar em Sertãozinho, na última rodada, precisando da vitória", frisou.

Com relação à montagem do time, Sandro deverá manter o mesmo time que atuou na vitória contra o Batatais e no empate contra a Inter de Bebedouro. "Automaticamente teremos o retorno de jogadores importantes como o Tavares, Fábio Leite e Goiano. Respeitando o Marília, que teve um início de campeonato ruim mas depois se recuperou, vamos com força máxima em busca dos três pontos. Somente a vitória nos interessa", concluiu o técnico.

O Independente ocupa a 16ª colocação com 18 pontos em 48 disputados. O aproveitamento é de 37,5%. Além de encarar o Marília, o Galo ainda receberá o XV de Jaú e encerrará sua participação na A-3 contra o Sertãozinho, fora de casa.

Marília vem de vitória

A equipe do presidente Ednaldo de Souza Costa venceu o Batatais na última partida, por 1 a 0, em casa e chegou aos 22 pontos na 10ª posição. O MAC ainda sonha com a classificação e conquistar os três pontos fora de casa é a intenção do técnico Betinho. O técnico Betinho, que não poderá contar com os zagueiros titulares Zeílton e Geílson e com o meia Márcio Luiz, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo, também tirou da equipe o lateral direito Brendon, que segundo o treinador, não vinha rendendo o esperado.

As novidades do visitante serão as voltas do lateral direito Thiaguinho e do volante Juninho, que cumpriram a automática no último compromisso; além da estreia do zagueiro Thiago Cazé, que estava no Catanzaro da Itália; e o retorno do zagueiro Felipe Oliveira, que não joga desde 4 de fevereiro quando fraturou a mandíbula e o antebraço esquerdo após choque com o goleiro Thiago em jogo diante do Taboão da Serra.

Ingresso será um quilo de alimento não perecível.

Ficha Técnica

Independente x Marília

Independente - Wandinho; Julinho, Brumati, Douglas e Walter; Goiano, Fábio Leite, Ricardinho (Generozo) e Terrão; Tavares e Mateus. Técnico: Sandro Gomes.
Marília - Thiago; Thiaguinho, Thiago Cazé, Felipe Oliveira e Douglas; Juninho, Diogo Avaré, Alceu e João Gabriel; Léo e João Paulo. Técnico: Betinho.
Árbitro - Adriano de Assis Miranda
Auxiliares - Michel Ferreira da Silva e Rafael Tadeu Alves de Souza.
Local - Estádio Comendador Agostinho Prada, às 20h30.

10 março, 2012

Mudanças na escala de trabalho dos 1020 AM da Educadora.

Em razão da importância dos dois jogos deste domingo na Série A-3 do Campeonato Paulista, o Dr Roberto Lucato decidiu enviar duas equipes completas para a cobertura de ambos.

Sendo assim, a comitiva para Osvaldo Cruz seguirá com Edmar Ferreira, Dr. Roberto Lucato e Denis Suidedos.

Já para Rio Branco x Inter de Limeira (16h) em Americana, Jorge Neves transmitirá as emoções do clássico regional, com João Valdir de Moraes (reportagens) e Naldo Dias (comentários). No plantão esportivo estará Marcelo Marchi e na técnica central o Dj Pell.

Coluna Bola na Rede "A Tribuna" 10/03.

Almoço da Roça – Amanhã, às 12h, será realizado o tradicional “Almoço da Roça” em Cascalho. Adulto pagará R$20 e crianças de 5 a 12 anos, R$10. Reservas pelo telefone 3546-2440. Não perca a oportunidade de levar a família para almoçar num ambiente descontraído e tranquilo.

Felipe Delprá – Disputou a Copa São Paulo de Ciclismo em Bauru e ficou em 4ª lugar entre os competidores. Parabéns ao jovem da cidade de Cordeirópolis.

Independente – Estarei, neste final de semana, em Osvaldo Cruz para trazer as emoções do Independente que jogará contra o time da casa. Na comitiva, Dr. Roberto Lucato nos comentários e Renato Silva nas imagens. Acompanhe pelos 1020 AM às 15h de amanhã. Boa.

1º de Maio – Aberta as inscrições para a 52ª edição do tradicional Torneio de 1º de Maio em Cordeirópolis. As fichas, no valor de R$60, estarão disponíveis na Secretaria de Esportes e Lazer até o dia 13 de Abril. Corra até o Ginásio Municipal de Esportes “Orestes Quércia” e garanta a vaga do seu time.

Internacional – Empatou com a fraca equipe do Taubaté e não conseguiu chegar ao G8 na última rodada. Amanhã, às 16h, encara o Rio Branco fora de casa para conquistar três pontos importantes. Vai, Leão.

Sensacional – Tudo bem que o Messi é muito mais jogador do que o Neymar. Até porque está no futebol há mais tempo e joga ao lado de jogadores espetaculares. Mas, todavia, porém, entretanto, o que o Neymar fez contra o Internacional foi fora de série. Coisa linda, coisa linda. Paulinho Biló foi ao delírio.

Teve – Time na Copa do Brasil sendo assaltado. Ah se fosse contra o Corinthians.

Abraço – Dona Vera, Dona Silvia e Dona Maria (Tia Leninha) sempre acompanham a coluna Bola na Rede. O nobre amigo Sr Oscar também não perde a oportunidade de ler. Abraço aos amigos de longa data.

Carlinhos Barbosa – Não perde uma transmissão esportiva dos 1020 AM. Também acompanha o Segunda Esportiva na TV Jornal e é fã incondicional do meia Lucas Lima, da Inter.

Merece – Sem dúvida, o reconhecimento da população. Ele foi o grande articulador e idealizador da Praça onde é realizada a tradicional festa da Nossa Senhora Aparecida. Boa.

Milton Vitte – Comemora mais um ano de vida no próximo dia 14. Vem acompanhando atentamente o Corinthians na Libertadores da América. “Seu Milton”, como é carinhosamente chamado, vem fazendo sucesso no Facebook com as declarações sobre o Corinthians. Muito sucesso, paz e saúde! Abraço.

08 março, 2012

Em noite de gala do estreante Ricardinho, Independente derrota o líder Capivariano

Ricardinho marca em sua estreia

Um Independente soberano e com fome de bola. O torcedor galista que não compareceu ontem à noite ao Pradão perdeu uma das mais brilhantes atuações do alvinegro nos últimos anos, como nos bons tempos da Segundona do ano passado.

O técnico Sandro Gomes começou a ganhar o jogo antes de o mesmo começar. O experiente meia Ricardinho, ex-Palmeiras, Paulista e Inter/RS, e o goleador Elton, artilheiro do Resende/RJ, foram inscritos à tempo e puderam estrear. As outras novidades foram Valter na ala-esquerda e Fábio Leite como segundo volante.

O primeiro tempo foi mais estudado, com poucas chances. O Capivariano esteve mais próximo do gol. Aos 6 minutos, Ivan disparou pela meia direita e a bola bateu sem querem em Rudmar, traindo o goleiro Fabiano Heves da jogada e quase entrando no gol vazio.

A resposta galista veio aos 10. Escanteio cobrado por Bruno Morales e Elton cabeceou para o gol. O lateral Denner salvou em cima da linha. Em outra pontada do visitante, Silas ajeitou para Ivan, que da meia-direita, bateu forte, tirando tinta da trave de Fabiano Heves.

A história do jogo começou a ser desenhada aos 42 minutos. Terrão recebeu na área e se livrou de dois marcadores até ser derrubado pelo zagueiro Rafael. Pênalti marcado pelo árbitro Marcos Antônio Gomes Filho. Matheus cobrou mal, facilitando a defesa de Maurício. O novato aproveitou o rebote do goleiro e abriu o placar: Galo 1 a 0.

Após o gol, uma bomba foi solta pela torcida do Capivariano onde estavam os galistas na arquibancada. Revoltados, os torcedores locais começaram a gritar frases de "Freguês voltou" no intervalo, fazendo os visitantes abandonarem os vestiários. As instruções do técnico Abelha foram dentro do campo.

Segundo Tempo

Os times voltaram com as mesmas formações e com o mesmo desempenho. Aos 2 minutos, Fábio Leite soltou um pertado de fora da área e o goleiro do Capivariano fez uma defesa espetacular, em seu ângulo direito.

Aos 6 minutos, novamente Fábio Leite. Ele invadiu a área, escapou de dois marcadores e rolou na medida para o gol de primeira de Ricardinho: Galo 2 x 0. O estreante foi abraçado pelo elenco todo.

O gol deu mais tranquilidade ao Independente, deixando o Capivariano nervoso em campo. Aos 9 minutos, a primeira defesa de Fabiano Heves no chute do perigoso Silas. No lance seguinte, falta dura do zagueiro Rafael em Fábio Leite no meio de campo e cartão vermelho para o defensor do time de Capivari.

Aos 12 minutos, o Galo foi prejudicado pela arbitragem. No chute de Bruno Morales, Maurício soltou e caiu com ela dentro do gol. O árbitro não entendeu dessa forma, mandando o jogo seguir. A bola entrou muito.

Aos 13, Pepito agrediu covardemente o meia Ricardinho como uma cotovelada, também sendo expulso de campo. Três minutos depois foi a vez do técnico Abelha precisar deixar o banco de reservas por reclamar demais do árbitro.

Por incrível que pareça, o Capivariano melhorou com 9 homens em campo. Aos 25, perdeu um gol feito com Rudmar, que escorou, livre na pequena área, por cima do gol, após cruzamento da direita. Já aos 29, cruzamento da esquerda de Pedro Henrique e bola tocou no travessão galista, após Fabiano Heves se confundir com os refletores.

Com a entrada de Baiano, o Galo voltou a atacar e com propriedade. Aos 33, Valter cruzou rasteiro para Terrão, que sozinho, desperdiçou. Aos 37, Baiano saiu livre na cara do gol, mas parou em Maurício. Ele mesmo apanhou o rebote e bateu para o gol. Lucas salvou em cima da linha.

Aos 40, jogada individual e perfeita de Baiano, que deixou dois marcadores na corrida e soltou um chute cruzado na trave do Capivariano. O terceiro gol saiu apenas aos 43 minutos. O zagueiro Brumati, como elemento surpresa, desceu pela esquerda e cruzou na cabeça de Terrão, que mergulhou com estilo, dando números finais a partida: 3 a 0. Foi seu primeiro gol com a camisa do Galo.

Terrão mergulha para marcar o terceiro gol do Galo

Com a vitória, o Galo saltou da 16ª para a 12ª colocação da Série A-3, com 14 pontos, junto com a Inter, que joga hoje. No próximo domingo o alvinegro jogará às 15h, em Osvaldo Cruz, contra o time da casa, que ontem empatou em Franca com a Francana por 2 a 2.

Ficha Técnica

Independente 3 x 0 Capivariano

Gols - Matheus aos 42 minutos do 1º tempo, Ricardinho aos 6 e Terrão aos 43 minutos do 2º tempo (IN)
Local - Pradão
Árbitro - Marcos Antônio Gomes Filho
Auxiliares - João Guilherme Lopes e Clarice Ferreira Lima
Público - 225 pagantes
Renda - R$ 2.235,00
Independente - Fabiano Heves; Bruno Morales, Brumati, Douglas e Valter; Goiano (Ronaldo), Fábio Leite, Ricardinho e Terrão; Matheus (Baiano) e Elton (Chalita). Técnico - Sandro Gomes.
Capivariano - Maurício; Denner, Lucas, Rafael e Pedro Henrique; Paulo Osório, Feijão, Pepito e Ivan (Renan); Silas e Rudmar (Alamir). Técnico - Abelha.
Ocorrências - cartões vermelhos para Rafael e Pepito (CAP) e amarelos para Brumati, Goiano e Terrão (IN).

Matéria - Edmar Ferreira
Fotos - Flaviana Fernandes

01 março, 2012

Thiago Pereira, lateral campeão da Segundona, tira vitória do Galo nos acréscimos


Um gol nos acréscimos marcado pelo lateral esquerdo Thiago Pereira para o Rio Branco ontem à noite, tirou a vitória, que seria justa, do Independente na reabertura do estádio Décio Vitta, em Americana, pela nona rodada do Campeonato Paulista da Série A-3. Justo Thiago Pereira, campeão da Segundona com o Galo, e que fazia sua estreia pelo Tigre.

Os jogadores galistas saíram abatidos com o resultado. Já os quase 3 mil pagantes deixaram o estádio com uma mistura de frustração e alívio pelo resultado, que manteve o time da casa no G8, grupo dos classificados.

O Independente abriu o placar aos 17 minutos. No cruzamento de Bruno Morales, Tavares completou de cabeça. O gol assustou o Rio Branco. Confiante e jogando bem, o Galo não parava de criar boas oportunidades. Chalita, que começou como titular, acertou um tiro cruzado na trave. Já Tavares desceu sozinho e cara-a-cara com Éder, desperdiçou.

Na defesa, o Tigre esbarrava na grande atuação do goleiro Fabiano Heves, ex-seleções de base do Brasil, e que fazia sua estreia.

O Galo teve um gol anulado pela arbitragem no primeiro minuto do segundo tempo. Na batida de Chalita, Tavares, impedido, completou.

O alvinegro fazia uma grande partida e Bruno Morales, de falta, acertou o travessão do Rio Branco. O alvinegro limeirense só caiu de produção com as mudanças do técnico Sandro Gomes. Evanilson, Bina e Matheus entraram e o time da casa cresceu.

No contra-ataque, por pouco o Independente não ampliou. Bruno Morales cruzou na medida para Bina, que escorregou no momento da finalização.

Com o apoio da torcida, o Rio Branco foi para cima. O problema era passar do inspirado goleiro Fabiano Heves. O arqueiro defesas espetaculares, algumas quase impossíveis, como no tiro à queima-roupa de Rafael Chorão e na bicicleta de Jardel.

Quando o Galo segurava a importante vitória, sofreu o empate. Aos 46 minutos, Oliveira desceu pela direita, passou por Evanilson e cruzou. A bola passou por Brumati e Marabá, encontrando Thiago Pereira, que bem em sua especialidade, bateu forte, sem chances para Heves, 1 a 1 placar final.

Mais um gol sofrido pelo alvinegro limeirense nos acréscimos, como no domingo passado na vitória do Taubaté em pleno Pradão. O Galo permanece em 14º lugar, com 11 pontos, e no domingo jogará em Osasco contra o time da casa.

Ficha Técnica

Rio Branco 1 x 1 Independente

Gols - Tavares aos 17 minutos do 1º tempo (IN); Thiago Pereira aos 46 minutos do 2º tempo.
Local - Estádio Décio Vitta, em Americana
Árbitro - Luiz Carlos Ramos Júnior
Auxiliares - Eduardo de Souza Neto e Augusto Faria Calabio
Público - 2.246 pagantes
Renda - R$ 20.460,00
Independente - Fabiano Heves; Brumati, Marabá e Douglas; Bruno Morales, Deivid, Goiano, Generozo (Matheus) e Fábio Leite, Tavares (Evanilson) e Chalita (Bina). Técnico - Sandro Gomes.
Rio Branco - Éder; Jean, Bernardi e Airton (Tito); Oliveira, Rodrigo Celeste, Rafael Jataí, Rafael Chorão e Thiago Pereira; Jardel e Cecel (Sandro Hiroshi). Técnico - Luizinho.

Matéria - Edmar Ferreira