09 fevereiro, 2012

Independente decepciona e perde em casa


Como pode o time da casa não chutar uma bola sequer no gol nos 45 minutos iniciais? Isso aconteceu com o Independente ontem à noite, diante da Itapirense, no Pradão, pela 4ª rodada da Série A-3.

O goleiro Adnan, conhecido por sofrer o primeiro gol de Rogério Ceni quando ainda atuava pelo União São João, foi um mero espectador no primeiro tempo. O Galo tinha um domínio falso do jogo. Toques e mais toques no meio de campo, porém sem progressão.

A Itapirense, que perdeu seus dois jogos em casa e venceu o Juventus na Rua Javari, provou que realmente sabe jogar como visitante. Aos 15 minutos, Veloso entrou em velocidade pela esquerda e quando invadiu a área, acabou derrubado por Mosca. Pênalti bem marcado por Paulo Sérgio dos Santos. Elton cobrou com extrema categoria, deslocando o goleiro Wandinho. Itapirense 1 a 0.


Com Tavares e Rodrigão jogando muito recuado, o Galo não tinha poder ofensivo. Aos 30, o rápido Romário cortou dois marcadores e bateu para a defesa de Wandinho. Aos 34 não teve jeito. Outra jogada pela esquerda e novamente com Veloso. Ele fintou facilmente Mosca e cruzou para trás, para o arremate certeiro de Romário: 2 a 0.

No minuto seguinte, por pouco a Itapirense não ampliou. Mais um cruzamento da esquerda de Veloso e Elton, com o gol aberto, incrivelmente furou. Irritada, a torcida começou a pedir mudanças no time e Sandro Gomes atendeu, sacando Mosca e colocando Bruno Morales, reforçando o setor mais vulnerável do alvinegro.

O Independente voltou melhor para o segundo tempo, mais aceso. Logo aos 2 minutos, Tavares deu uma meia-lua sensacional em Odirlei na área e cruzou para o gol de Rodrigão. Segundo gol do ex-atacante do Palmeiras e do Santos.


O gol incendiou o Galo. Aos 7, Terrão serviu Tavares, que bateu cruzado para a defesa de Adnan. Aos 16, Tavares levantou na medida para Rodrigão, que dominou com categoria e girou. Para sua infelicidade a bola raspou o travessão do Coelho Loko. Aos 22, Adnan voou para evitar o gol de empate de Bruno Morales.

A Itapirense tinha em Uanderson o seu maestro em campo. Uma categoria invejável. Aos 27, ele arriscou da meia-esquerda e Wandinho deu rebote. Elton aproveitou a sobra e mandou no travessão.

Aos 30 minutos, Brumati e Elton trocaram socos e foram expulsos pelo árbitro. Com isso, o becão está fora do derbi. A torcida pediu e Sandro Gomes colocou em campo o artilheiro Luiz Chalita.

Foram 10 minutos de pressão total do Galo, mas a bola não entrou. Aos 45, Luiz Chalita cruzou na cabeça de Murilo, que escorou para fora. Fim de jogo e tropeço inesperado do alvinegro em casa. Que venha o derbi no domingo, às 16h, no Major Levy.

Ficha Técnica

Independente 1 x 2 Itapirense

Gols - Elton, de pênalti, aos 15 e Romário aos 33 minutos do 1º tempo (ITA); Rodrigão aos 2 minutos do 2º tempo (IND)
Local - Pradão
Árbitro - Paulo Sérgio dos Santos
Auxiliares - Vinicio Messias e Souza e Sandro Rogério Barbosa
Independente - Wandinho; Fernando, Brumati e Marabá; Mosca (Bruno Morales), Goiano, Generozo (Luiz Chalita), Terrão e Fábio Leite; Rodrigão (Murilo) e Tavares. Técnico - Sandro Gomes.
Itapirense - Adnan; Jabá, Odirlei, Joel e Valdo; Ronaldo, Daniel (Régis), Veloso (Reinaldo) e Uanderson; Elton e Romário (Xuxa). Técnico - Carlos Rossi.
Ocorrências - cartões vermelhos para Brumati (IN) e Elton (ITA); e amarelos para Bruno Morales, Goiano e Rodrigão (IN), Adnan, Odirlei e Joel (ITA).


Matéria: Edmar Ferreira
Foto: JH Anthero

Nenhum comentário: